Cinco perguntas para Fabiana Caso

Por Alex Kidd

Fabiana Caso é jornalista, pesquisadora musical e editora de música. No ano passado, ela criou a festa Néonloop que mistura sets de cold wave, no wave, new wave, minimal synth, entre outras atmosferas sônicas de inspiração sintética. No próximo sábado (4), ela levará suas descobertas sonoras no Cabaré Synth que acontecerá no Lourdes. O 120BPM fez cinco perguntas para Caso.

UM verso memorável em uma canção

“Eu quero mais é decolar toda manhã”

“Não Estou Nem Aí”,” – Arnaldo Baptista

DUAS fantasias de carnaval

Glam punk romântico
Andrógino intergaláctico

Meus sons em TRÊS palavras

Histórias-sônicas recriadas-recreativas sotaques-diversificados

QUATRO shows inesquecíveis

– Sigur Rós – festival La Route du Rock, Saint Malo, França
– Kraftwerk – Jockey Club de São Paulo
– Patti Smith – Spandau Citadel, Berlim
– The Ex – Centro Cultural da Juventude (CCJ), São Paulo

CINCO discos que todo mundo deveria ouvir

1.“Contact  – Silver Apples

2. “The Stooges” – The Stooges

3. “Comme à la Radio” – Brigitte Fontaine

4. “Cadê as Armas?” – As Mercenárias

 

5.  “Low” – David Bowie

SERVIÇO

CABARÉ SYNTH NO LOURDES
QUANDO
4 de março (sábado), das 21h às 5h
ONDE  O Lourdes: Rua da Consolação, 247, loja 8, São Paulo/ SP
QUANTO R$ 20. Os 30 primeiros serão recebidos com o drink grátis Melancia Atômica.