120 bpm

música eletrônica

 -

Escrito por Alex Kidd, blog acompanha o universo de música eletrônica. Do pop ao underground, o objetivo é selecionar o que acontece de mais empolgante no gênero.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Cinco perguntas para Adilson Ramachandra

Por Alex Kidd

Adilson Ramachandra, 44, é pesquisador musical e editor de livros. Em 2015, ele foi responsável pelo lançamento de “Publikation”, biografia da banda alemã Kraftwerk. Em seus sets, Ramachandra mixa o passado e presente musical em tracks que passam pelo pós-punk e pela música eletrônica analógica. No próximo sábado (4), ele trará seu garimpo sonoro no Lourdes. Fizemos cinco perguntas para o DJ.

UM verso memorável em uma canção

“Last night while you were
Lying in my arms
And I was wondering where you were
You know you looked just like a baby
Fast asleep in this dangerous world
Every star was shining brightly
Just like a million years before
And we were feeling very small
Underneath the universe
And you know that I’m gonna be the one
Who’ll be there when you need
Someone to depend upon
When tomorrow comes”

“When Tomorrow Comes” – Eurythmics

DUAS fantasias de carnaval

Alienígena e Baco.

Nossa música em TRÊS palavras

Minimal, sci-fi synth e retro electronic sounds.

QUATRO shows inesquecíveis

– Cocteau Twins (Projeto SP, 1991)
– Siouxsie & the Banshees (Olímpia, 1996)
– Dead Can Dance (Olímpia, 1996)
– Plus Instruments (Centro Cultural, São Paulo, 2014)

CINCO discos que todo mundo deveria ouvir

1.“A Terrible Splendour  – Posers (2013)

2. “Buried Dreams” – Clock DVA (1989)

3. “D.O.A. Third and Final Report” -Throbbing Gristle (1978)

4. “More Decisions” – Hidden Agenda (1982/2010)

 
5.  “Experimental Products” -Prototype, 1982

SERVIÇO

CABARÉ SYNTH NO LOURDES
QUANDO
4 de março (sábado), das 21h às 5h
ONDE  O Lourdes: Rua da Consolação, 247, loja 8, São Paulo/ SP
QUANTO R$ 20. Os 30 primeiros serão recebidos com o drink grátis Melancia Atômica.

Blogs da Folha