Tributo a Dieter Moebius

Por Alex Kidd

1130867

No último dia 20, Dieter Moebius, pioneiro do krautrock e fundador da banda Cluster, faleceu aos 71 anos.

Para homenageá-lo, o 120 BPM convidou o músico Paulo Beto para montar uma playlist com as melhores canções do músico alemão. O texto abaixo também é de sua autoria.

 

Brian Eno é um dos nomes da música internacional mais respeitados tanto no território da música pop quanto da vanguarda. Mas durante muito tempo foi quase um segredo que Eno, na verdade, aprendeu e se inspirou muito na cena musical alemã que se desenvolveu a partir do final dos anos 60, quando os jovens alemães buscavam uma personalidade própria para sua música.

Dedicados a renegar o rock de origens americanas ou inglesas, os alemães acabaram chegando a uma fórmula que misturava a vanguarda eletrônica, abstracionismo e música repetitiva. Um novo conceito de construção da música que deixava de lado a velha estrutura verso / refrão.

Dieter Moebius estava bem no centro desse novo pensamento musical do rock. O músico era conhecido como “o lado menos romântico do grupo Cluster”, em suas próprias palavras. Ele foi, de fato, o integrante mais ousado e responsável pelos momentos mais estranhos que tornaram o Cluster memorável.

Aqui, procurei selecionar as canções que considero mais expressivas da carreira de Moebius. Com a banda Cluster, em momentos solo ou em parceria com outros amigos, destacando seu admirador e aprendiz ilustre, Brian Eno.

Este momento seminal de uma “nova música pop germânica” certamente abriu muitas portas para a linguagem da música eletrônica que temos desde os anos 80.

Paulo Beto

Ouça o tributo a Moebius por Paulo Beto.

Curta o 120BPM no Facebook!