EDC Dia 2: Disclosure explora novas sonoridades e Heisenberg faz aparição surpresa

Por Alex Kidd

DISCLOSURE, 40 GRAUS

No segundo dia do festival, os irmãos Guy e Howard não tocaram no palco principal, mas fizeram o set mais quente da noite.

Numa ruptura com a pegada mais pop do disco de estreia, os dois mostraram que andaram estudando os macetes da deep house.

O novo Disclosure estava mais interessado em baixos pesados e texturas sombrias. Abriram com uma versão menos gospel de “When a Fire Starts to Burn” e desaceleraram os BPMs de “Latch” no encerramento. O novo single “Bang That” se beneficiou dos amplificadores gigantes e ajudou a aumentar ansiedade pelo segundo disco da dupla.

DISCO SUCKS?

A dupla texana Graff tocou quase na mesma hora do Avicii no Funky House, tenda dedicada para os grooves. A concorrência desleal não intimidou o duo que fez o trabalho de casa e embalou Blondie, Chic e Aretha Franklin numa roupagem space-disco. Bailinho no EDC! Saí quase no final correndo para o palco principal e…

…TENTEI FOTOGRAFAR O AVICII

IMG_6920

O DJ ocupou todo o espaço e energia do palco kineticFIELD tornando impossível o registro. Peguei o final de “Wake me Up” com o público cantarolando feliz o refrão. Avicii respondeu o carinho de forma política: “Este é de longe o melhor EDC que eu já toquei!”.

SAY MY NAME!

Captura de Tela 2015-06-21 às 08.19.12

(ESTE TEXTO CONTÉM SPOILERS!)

Em Las Vegas, ‘Breaking Bad’ não acabou e Heisenberg não morreu. O ator Bryan Cranston fez uma aparição surpresa durante a apresentação do Above & Beyond. Nos 40 segundos deste vídeo,  Mr. White ressurge no meio do deserto de Las Vegas com seu memorável bordão.

Ufa! Hoje é o último do festival. Kiesza e Calvin Harris estão escalados! Até lá!

O jornalista viajou a convite da Time for Fun

Curta o 120BPM no Facebook!